Clássicos ou Atuais: Qual o melhor console de videogame?

0
845
Disputa de videogames

Qual o melhor videogame de todos os tempos? Conheça uma breve história sobre os videogames e como eles inovaram a cultura pop e o entretenimento entre as gerações. 

Você sabe quantos anos tem o videogame?

Há quem diga que o primeiro game seja da década de 40, outros dizem que é de 58, mas a versão mais aceita diz que em 67 o pai dos consoles, Ralph Baer, lançou o que seria uma moda duradoura, com o jogo “Chasing Game”, um ping pong virtual controlado por dois jogadores.

Considerados a revolução do entretenimento e a mídia que mais lucra, os games estão presentes na vida das pessoas há gerações e não perdem sua força.

Em meio a tantos consoles nos últimos 50 anos, não é difícil nos perguntamos qual o melhor videogame que já existiu. Por mais simples que possa parecer essa pergunta, a resposta é complexa e depende, sempre, do gosto de quem joga.

Afinal, são gerações dos mais diferentes tipos de consoles e  jogos, todos eles recorrentemente aparecem nos mercados com os mais aficionados fãs.

E se você quer descobrir qual o melhor console de videogame que já existiram, acompanhe essa “linha do tempo” dos melhores videogames e considere o seu favorito!

Conheça as Gerações dos Consoles de Videogame

Para descobrirmos qual o melhor console de videogame, vamos primeiro voltar no tempo e conhecer as nove gerações que existem.

Afinal, como já mencionamos, cada videogame carrega consigo uma legião de fãs, dos mais antigos aos atuais. Logo, é certo dizer que a cada geração os games ganharam a força que tem hoje, vamos conferir de perto!

Primeira geração de Videogame (1972 – 1978)

A geração começa com o primeiro console lançado no mundo, o Magnavox Odyssey, em 1972, criado por Ralph Baer, vendendo cerca de 100 mil unidades.

A geração conta ainda com outros 7 consoles, entre eles o Pong, da Atari. Esta que por sinal, travou diversas lutas judiciais com a Magnavox por motivos de violação de patente, acusados por Ralph.

São os consoles da primeira geração:

  • Magnavox Odyssey, da Magnavox, lançado em 1972;
  • Pong, da Atari, de 1975;
  • Philips Tele-Spiel, da Philips, de 1975;
  • Coleco Telstar, da Coleco, do ano de 1976;
  • Telejogo, da Philco/Ford de 1977;
  • Color TV Game, da Nintendo, lançado em 1977;
  • Telejogo II, da Philco/Ford, de 1978.
    Videogame Magnavox Odyssey
    Primeiro videogame, o Magnavox Odyssey.

Segunda geração de Videogame (1976 – 1984)

Essa nova fase é iniciada com o lançamento do Atari 2600. Ainda que seu lançamento seja no final dos anos 70, é considerado um ícone oitentista e um fenômeno de vendas, inclusive no Brasil.

Foram 9 jogos inicialmente, como os famosos Pacman e Space Invaders, e mais tarde, com algumas melhorias, a capacidade do console aumentou.

Integram a lista da segunda geração:

  • Fairchild Channel F da Fairchild de 1976;
  • RCA Studio II da RCA, lançado em 1977;
  • Atari 2600, da Atari, lançado também em 1977;
  • Bally Astrocade, da Midway, de 1977;
  • Magnavox Odyssey², da Magnavox/Philips, de 1978;
  • Game & Watch, da Nintendo, de 1980;
  • Intellivision, da Mattel, de 1980;
  • PlayCable, também da Mattel, de 1981;
  • Coleco Gemini, da Coleco, de 1982;
  • Atari 5200, mais uma da Atari, dessa vez de 1982;
  • ColecoVision, outro console da Coleco, também de 1982;
  • Commodore MAX Machine, da Commodore, lançado 1982;
  • Sega SG-1000; da tradicional Sega, de 1983;
  • Atari 2800, mais uma da Atari, dessa vez de 1983.
    Videogame Atari 2600
    Console oficial Atari 2600, lançado em 1983.

Terceira geração de Videogame  (1983 – 1990)

Em 83 é iniciado uma série de lançamentos que seriam os pontapés da chamada 3ª geração de consoles. O grande ícone que iria revolucionar o mercado de games seria o Nintendo Entertainment System, o NES.

O console trazia com ele títulos que seriam sinônimo da geração, como por exemplo, Mario Bros, Legend of Zelda, Donkey Kong e Megaman.

A SEGA trouxe o SG-1000, precursor do Master System. Nessa geração, ficou aberta a guerra entre os melhores consoles de videogame, principalmente entre Nintendo e Sega.

A lista dos melhores consoles de videogame desta fase é:

  •  NES/Famicom, da Nintendo, de 1983;
  • MSX, da Microsoft Japan, de 1983;
  • Casio PV-1000, da Casio, lançado em 1983;
  • Atari 7800, da Atari, de 1986;
  • Action Max, da Worlds of Wonder, lançado em 1987;
  • Master System, da Sega, de 1987;
  • Dynavision, da Dynacom, de 1989.
    Videogame Nintendo Entertainment System
    Nintendo Entertainment System, também conhecido como NES, ou, Nintendinho.

Quarta geração de Videogame (1987 – 1996)

A quarta geração dos consoles, também conhecida como “Era dos 16-bits”, acirrou a guerra entre Nintendo e Sega. 

O icônico Super Nintendo se tornou mais um símbolo entre os gamers e demais fãs dos jogos eletrônicos. Foi na quarta geração que a Nintendo deu início aos seus consoles portáteis, fazendo história com o seu Game Boy.

Enquanto isso, a Sega trouxe o Mega Drive, levando fãs para todos os lugares que passava como o melhor console de videogame. Com jogos inquestionáveis na memória do console, como o Sonic The Hedgehog.

Os consoles começaram a ficar ainda mais complexos, permitindo agora jogos com cores mais elaboradas, com microprocessadores em 16-bits e controles com mais botões: o clássico joystick começou a ficar obsoleto.

Fazem parte os consoles da quarta geração:

  • TurboGrafx-16, da NEC, de 1987;
  • Mega Drive/Genesis, da Sega, de 1988
  • Atari Lynx, da Atari, em 1989;
  • Game Boy, da Nintendo, de 1989;
  • Game Gear, da Sega, de 1990;
  • Neo-Geo, da SNK, de 1990;
  • Super Nintendo/Super Famicom, da Nintendo, em 1990;
  • Commodore CDTV, da Commodore, em 1991;
  • Sega CD, da Sega, em 1991;
  • CD-i, da Philips/Sony, em 1991;
  • Supervision, da Watara, em 1992;
  • Sega 32X, da Sega, de 1994;
  • Neo-Geo CD, da SNK, em 1994;
  • Super Game Boy, da Nintendo, em 1994;
  • Satellaview, da Nintendo, em 1995.
    Videogame Super Nintendo.
    Super Nintendo/ Super Famicom, lançado em 1990.

Quinta geração de Videogame (1993 – 1999)

Enquanto a Nintendo parecia vencer a guerra contra a Sega com o seu Nintendo 64 e Game Boy Color, por outro lado, a quinta geração marcou a entrada de um gigante no mercado de consoles: o PlayStation, da Sony.

Essa nova geração tem vários nomes, como Era dos 32-Bits, dos 64-bits ou a Era do 3D. A Sony conseguiu, com o seu novo modelo, dar novos rumos ao mercado de games, que jamais seria como antes.

Enquanto a Atari, que não conseguiu fazer frente com a Nintendo e Sega até então, foi a precursora dos 64 Bits com o Jaguar, mas definharia com o sucesso de vendas que seria o PlayStation.

Jogos clássicos surgiram aqui, como Tomb Raider, Super Mario 64, 007, e claro, os Winning Eleven e o FIFA Soccer para PlayStation 1.

São os consoles da quinta geração:

  • 3DO, da Panasonic/Sanyo/GoldStar, lançado em 1993;
  • Amiga CD32, da Commodore, em 1993;
  • Pioneer LaserActive, da Pioneer, em 1993;
  • Atari Jaguar, da Atari, lançado em 1993;
  • PC-FX, da NEC, em 1994;
  • Sega Saturn, da Sega, lançado em 1994;
  • PlayStation, da Sony, em 1994;
  • Virtual Boy, da Nintendo, em 1995;
  • Casio Loopy, em Casio, em 1995;
  • R-Zone Tiger, da Electronics, em 1995;
  • Atari Jaguar CD Pro, da Atari, em 1995;
  • Apple Pippin, da Bandai/Apple, em 1995;
  • Nintendo 64, da Nintendo, em 1996;
  • Neo Geo Pocket, da SNK, de 1998;
  • Game Boy Color, da Nintendo, em 1998;
  • Nintendo 64DD, da Nintendo, em 1999.
    Videogame PlayStation
    Primeiro console da Sony, o PlayStation.

Sexta geração de Videogame (1998 – 2004)

A Era dos 128-bits marcou o último respiro de uma gigante, a Sega, com o lançamento do Dreamcast, que conseguiu boas vendas nos EUA, Japão e em toda a Europa.

Por outro lado, vimos entrar em cena outra marca que mexeria em todos os pilares do mercado do entretenimento: o Xbox da Microsoft.

Mas quem realmente revolucionou não apenas nesta geração, mas em toda a história dos videogames foi a Sony com o seu PlayStation 2, o videogame mais vendido de todos os tempos.

Já a Nintendo veio forte com o seu GameCube, com processamento em MiniCD, em uma tentativa antipirataria. 

Jogos como Pokémon ficaram imortalizados na memória do público. A partir daqui, tudo começou a ficar (ainda) mais sério.

Confi

  • Dreamcast, da Sega, lançado em 1998;
  • Neo Geo Pocket Color, da SNK, em 1999;
  • PlayStation 2, da Sony, em 2000;
  • Pokémon mini, da Nintendo, em 2001;
  • Game Boy Advance, da Nintendo, em 2001
  • Xbox, da Microsoft, em 2001;
  • Nintendo GameCube, da Nintendo, em 2001;
  • PSX, da Sony, em 2003;
  • iQue Player, da Nintendo, em 2003;
  • Atari Flashback da Atari, em 2004.
  • PSP, da Sony, em 2004.
    Videogame PlayStation
    PlayStation 2, o console de videogame mais vendido no mundo.

Sétima geração de Videogame (2004 – 2009)

A guerra entre o melhor console de videogame agora era travada entre o PlayStation 3 e Xbox 360. Mas a Nintendo não ficou de fora, e inovou mais uma vez em interatividade com o seu console Wii e portátil Nintendo DS.

O conceito de “bits” caiu em desuso e entram na moda palavras como o Blu-Ray, sensores de movimento e grandes sistemas de armazenamento.

As cifras começaram a ficar cada vez mais altas e o desenvolvimento dos jogos mais complexos. Dizer qual era o melhor console de videogame era o estopim nos grupos de amigos.

Fazem parte da sétima geração:

  • Nintendo DS, da Nintendo, lançado em 2004;
  • Xbox 360, da Microsoft, em 2005;
  • HyperScan, da Mattel, em 2006;
  • PlayStation 3, da Sony, de 2006;
  • Wii, Nintendo, lançado em 2006
  • Nintendo DSi, da Nintendo, em 2008;
  • Dingoo Shenzhen, da Dingoo Digital, em 2009;
  • Zeebo, da Tectoy/Qualcomm, de 2009;
  • OnLive, da OnLive, de 2009.
    Videogame Xbox360
    Console da Microsoft, Xbox360.

Oitava geração de Videogame (2011 – 2019)

A Nintendo apostou nos aperfeiçoamentos do Wii com o lançamento do Wii U. Já suas concorrentes Sony e Microsoft no detalhamento de processamento gráfico e uma campanha massiva de marketing. O sucesso foi consequência.

E por falar em sucesso, foi na oitava geração que a Nintendo inovou mais uma vez com um modelo híbrido, entre console de mesa e portátil, o Switch.

Com nomes como o PlayStation 4 e Xbox One, os consoles venderam nessa época, mais de 190 milhões de unidades. É a geração mais duradoura até então.

Confira os melhores consoles de videogame da oitava geração:

  • Nintendo 3DS, da Nintendo, lançado em 2011;
  • PlayStation Vita, da Sony, em 2011;
  • Nintendo Wii U, da Nintendo, em 2012;
  • Neo Geo X, da SNK Playmore, em 2012;
  • Ouya da Ouya Inc., em 2013;
  • Shield Portable, da Nvidia, em 2013;
  • PlayStation 4, da Sony, de 2013;
  • Xbox One, da Microsoft, em 2013;
  • Nintendo Switch, da Nintendo, em 2017.    
    Videogame Nintendo Switch
    Nintendo Switch, o videogame híbrido.

Nona Geração de Videogame (2019 – Presente)

Hoje, os consoles se encontram na nona geração com o lançamento do PlayStation 5 da Sony, mas tudo já indicava que a virada de década daria novos rumos ao mercado de games. 

A Microsoft não ficou atrás com o seu Xbox Series X, que bate de frente com o modelo da Sony. Um novo modelo do Nintendo Switch com tela OLED, também já foi anunciado para 2021 e se mantém na briga.

Ainda que seja claro alguns caminhos dessa geração, vale destacar que a pandemia da Covid-19 afetou tanto a produção das máquinas, quanto as campanhas de marketing, cada vez mais significativa para as empresas. 

Logo podemos esperar que a Nova Geração dos consoles seja a mais duradoura entre todas as suas anteriores.

Videogame PlayStation 5
PlayStation 5, o videogame da nova geração!

Leia também: A loja oficial do Free Fire está na Shopee Brasil! Conheça 15 produtos imperdíveis para os fãs do jogo

Vale a Pena Comprar um Videogame Antigo?

Como pudemos ver de uma forma bem resumida, a história dos consoles é bem extensa e rica.

Logo, é fácil nos perguntarmos: já que tudo está mais tecnológico e moderno, por que comprar um videogame antigo?

Bom, o primeiro fato a se analisar está no gosto pessoal. Realmente, muita gente gosta desses consoles, movidos ao sentimento de nostalgia. Sem falar, ainda, da disponibilidade de jogos exclusivos para cada console.

Outro ponto que muita gente analisa na hora de comprar um console antigo é a própria estética do aparelho, considerando-os como itens de coleção em um empreendimento, por exemplo.

Então, se você pensar nesses fatores e considerá-los viáveis, então a resposta é sim, vale a pena! Sem esquecer, é claro, dos Motivos para Fazer sua Próxima Compra de Tecnologia Online, que implicam tanto quanto comprar um console de gerações antigas quanto mais novas. 

Quais as Principais Inovações dos Consoles de Videogame da Atual Geração?

Acabamos de falar um pouco sobre a mais nova geração de consoles da atualidade, a nona. Ela já acontece não apenas pela virada de década, mas pelas novas funcionalidades e inovações que o mercado vislumbra.

Mas afinal, quais são essas inovações? Vamos começar pela ponte entre jogador e videogame, os controles.

Controles

Para os jogadores, a Sony parece sair na frente de suas concorrentes com o DualSense para o PS5. As novidades até então nunca vistas, como incorporação de microfones, gatilhos adaptáveis e botões mais sensíveis ao toque saltam os olhos de qualquer um. 

O Nintendo Switch por sua vez, traz a experiência do console híbrido com controle por movimento.  Certamente útil e divertido em jogos festivos com amigos.

Poder de Fogo

A evolução gráfica é algo inerente com o passar dos anos. Inevitavelmente há uma melhora nesse quesito e todas as concorrentes estão em par de igualdade. 

Para esclarecer, as especificações dos consoles estão cada vez maiores com seu processamento e armazenamento, possibilitando que os jogos carreguem de forma muito mais rápida e dinâmica.

Dispositivos

Uma disputa que certamente acarretará em melhorias para o usuário são as compatibilidades em dispositivos diferentes.

Seja consoles, tablets ou Celulares para Jogos, está cada vez mais claro que esse poder de escolha é do jogador, e os fabricantes estão de olho nessas compatibilidades com seus jogos.

Catálogo de Jogos

A compra e o aluguel de jogos, disponíveis online, já é uma realidade que está cada vez mais presente na vida dos usuários.

A praticidade para o jogador é essencial para uma experiência de gameplay imersiva. Consequentemente os distribuidores têm lançado os seus próprios serviços de streaming de jogos, onde o único requisito é ter disponibilidade de internet para baixar o game.

Leia também: Como escolher um Tablet barato e funcional em 5 passos

Conheça os 3 Consoles de Videogame mais Populares da Atualidade

A guerra para saber qual o melhor console de videogame, ao longo de quase 60 anos de disputa, já teve nomes como Atari, Sega e Magnavox. Todas sucumbiram ao longo desse tempo e hoje o mercado é dominado por 3 grandes marcas. 

1. PlayStation

O aparelho da Sony surgiu nos anos 90 e não sumiu mais. Hoje na sua 5ª versão, o PlayStation coleciona fãs.

O console roda atualmente games em 4K com SSD de 835 gb, oferecendo novas experiências aos usuários.

A Sony tem apostado em duas versões do seu novo console, uma com o tradicional leitor de CD e outra sem, o que não significa uma perda em qualidade gráfica.

Como em todo início de geração, os consoles tendem a ser mais caros por conta da demanda e tecnologia. Mas não se preocupe, atualmente todos os jogos disponíveis no catálogo do PS5, também fazem parte do PS4, uma opção bem mais em conta e igualmente potente.

Logo PlayStation
Sony PlayStation.

2. Xbox

Da mesma forma, o Xbox disputa fortemente essa guerra de consoles com o seu modelo mais recente, o Xbox Series X, que bate em 20% o poder gráfico do PS5. Mas deixa a desejar, contudo, no SSD mais lento.

O console mais recente da Microsoft também possui duas versões, uma para disco e outra sem. Aparentemente o mundo dos games caminha para uma distribuição digital dos jogos.

Logo Xbox
Microsoft Xbox.

3. Nintendo

Há mais tempo no mercado, a Nintendo se mostra uma força do mercado com a sua linha híbrida, o Switch.

O que foi muito bem aceito pelo público, uma vez que o mesmo possa desfrutar dos seus jogos seja no conforto de casa ou no caminho para o trabalho. Seja como for, a imersão proporcionada é a mesma.

Os títulos exclusivos da Nintendo são outro diferencial, como o clássico Mario Kart e a franquia de sucesso Pokémon.

Logo Switch
Nintendo Switch

O Importante é se Divertir

Em conclusão, na hora de escolher qual o melhor console de videogame, leve em conta sempre o seu divertimento, afinal é para isso que os videogames foram criados.

Os valores, determinantes para a escolha, variam sempre. Mas, muitas vezes, um modelo mais antigo pode ter o mesmo preço de um novo, seja sentimental ou financeiro.

Espero que essa breve história sobre os videogames o tenha ajudado gamer!

Facebook Comments
>

RESPONDA

Comente aqui, por favor!
Escreva seu nome aqui