Como Proteger o Bebê no Inverno? Confira as Dicas da Shopee!

0
627
bebe protegido no inverno

Proteger o bebê no inverno é algo de grande relevância para a saúde dos pequenos e também para a tranquilidade dos pais.

E essa proteção deve ser feita de todas as formas: evitar alguns alimentos, locais fechados, contato com muitas pessoas, roupas mais aquecidas, entre outras estratégias.

É justamente no clima mais frio que muitos bebês e crianças ficam doentes com maior frequência. Para se ter uma ideia, em uma rede privada na cidade de São Paulo, as consultas na emergência pediátrica aumentam em 80%!

De fato, é uma estatística relevante e que, provavelmente, se repete em várias outras partes do país. E com o clima mais frio e seco, é melhor começar a se preparar para a época.

Para ajudá-lo, fizemos um conteúdo completo sobre proteger o bebê no inverno. Confira!

5 dicas e cuidados com bebês no inverno

Cuidado com o bebê nunca é demais, principalmente na estação mais fria do ano. Por isso, separamos 5 dicas práticas para serem aplicadas no dia a dia.

1. Preste atenção nas reações do bebê

Você vai observar  e tentar identificar qualquer mudança de comportamento que pareça mais estranha. Por exemplo, se é uma criança ativa, mas de repente não brinca ou corre com tanta frequência e tem vontade de passar o dia mais deitado. 

Esses são sinais de que ele pode estar com dor no corpo, um dos sintomas da gripe ou resfriado, entre outras doenças do sistema respiratório.

2. Não coloque agasalhos demais no bebê

Essa é, na verdade, uma situação bastante comum. Com medo de o pequeno pegar um resfriado, alguns pais exageram e colocam muitas camadas de roupas e mantas nele.

Pode parecer algo inofensivo, afinal de contas, o que poderia acontecer se o bebê ficar mais aquecido que o necessário?

A temperatura do corpo tende a subir muito, como se ele estivesse com febre e assim, como a febre, a alta temperatura corporal, por si só, pode causar diversos problemas de saúde. A situação é tão grave que pode levar o recém-nascido à morte súbita.

Lembre-se: uma criança não reage da mesma forma que um adulto e ela não consegue simplesmente tirar a roupa sozinha ou falar que está com calor.

Nesse caso, quando vestir o bebê, fique sempre por perto para ver se ele não está transpirando, com a pele avermelhada ou demonstra irritação, até mesmo o choro pode dizer isso.

Leia também: 25 Ideias de Presentes Para o Dia das Mães

3. Fique atento(a) à qualidade do sono do bebê

O melhor no inverno é vestir o bebê em camadas de roupas, assim, se ele sentir muito calor, basta tirar uma e, se ele sentir muito frio, utilize o saco de dormir. E como saber se ele está com frio ou calor?

Esteja sempre por perto ou assegure-se de que o pequeno não estará sozinho.

4. Evite dar banhos em excesso

Pois é, banhos em excesso ressecam a pele e isso combinado ao clima seco próprio do inverno pode desenvolver algum problema dermatológico na criança.

O ideal, de acordo com a Academia Americana de Pediatria, são apenas 3 banhos por semana. Mas como aqui no país temos o hábito de tomar banho todos os dias, nos lavar apenas 3 vezes a cada 7 dias parece estranho e nada higiênico.

O que você pode fazer nesse caso é dar o banho diariamente, sempre tomando o máximo de cuidado com a temperatura da água (água morna é o suficiente) e evitando o sabonete.

Ele remove a oleosidade natural da pele, importante para manter a umidade dessa parte do corpo. Use-o apenas nas partes íntimas, axilas e demais dobras do bebê. Isso será o suficiente.

Leia também: Conheça as bonecas mais lindas do mundo para dar de presente

5. Evite roupinhas de lã

A lã é bastante conhecida justamente por aquecer bem e por isso foi (e ainda é) utilizada por muitos e muitos anos por nós, principalmente nos países do norte da Europa onde faz muito frio.

O grande problema da lã é que ela não absorve o suor e assim, o bebê tende a ficar úmido e gelado por causa disso.

E não estamos falando apenas das roupas de lã, mas também das mantas, gorros, luvas e meias. O melhor, nesse caso, é optar pelas roupas feitas com tecido de algodão.

roupinhas de algodão para bebês
O ideal é usar roupinhas de algodão para bebês no inverno.

Como escolher a melhor roupinha de inverno para o bebê?

Na hora de escolher a roupa para o seu bebê, o máximo de atenção é necessário. Primeiro, para que você não se arrependa da compra em pouco tempo e percebeu que as peças não serão usadas e, segundo e o mais importante, pela saúde da criança. Veja abaixo algumas dicas.

Roupas de inverno que não podem faltar

Assim como os adultos possuem algumas peças que são fundamentais e não podem faltar no guarda-roupa, os bebês também têm. Vejamos:

Parece muita coisa, mas você não precisa comprar diversas peças de cada se não puder até porque no inverno que vem seu filho já estará maior e outra compra será necessária.

Apenas faça o possível para que ele mantenha a temperatura adequada — de 36,5º a 37,2º — mesmo nos dias mais frios do ano. Isso vale especialmente para as cidades do Sul do país ou mesmo São Paulo e demais áreas de maior altitude. 

Os tecidos mais indicados de agasalhos para bebês

Bom, agora que você já sabe quais peças não podem faltar, precisa entender de qual tecido comprar. Afinal de contas, como já mostramos aqui, o tecido pode fazer muita diferença.

Já vimos, por exemplo, que a lã não é a mais adequada, pois pode fazer o inverso do que queremos: deixar o bebê com o corpo mais frio. Em contrapartida, o algodão pode ser uma ótima opção, pois permite que a pele “respire” e raramente provoca algum tipo de alergia ou irritação.

Uma dica: é interessante que o algodão tenha um pouco de elastano, pois isso costuma deixar a peça mais maleável e assim, as crianças podem se movimentar com maior facilidade.

Leia também: Como escolher o colchão ideal? Aprenda em 6 passos!

7 ideias de roupas de invernos para bebês

Já falamos aqui sobre as peças que não podem faltar para proteger o bebê no inverno. Agora, vamos explicar um pouco mais sobre cada uma delas.

1. Touquinha para bebê

A touquinha para bebê tem uma vantagem muito especial, quer ver só? Vamos supor que você foi à rua ou ao shopping ou mesmo dar um passeio com o seu bebê ainda de dia.

Mas, o tempo passou e o clima esfriou mais do que o esperado. Aí é só pegar a touquinha e colocar na criança, assim ela pode se manter aquecida até que vocês voltem para casa.

touquinha para bebê
A touquinha mantem o bebê aquecido durante um passeio.

2. Conjunto de moletom

Como já dissemos antes, esta é uma peça que não pode faltar de maneira alguma. Além de proteger o bebê no inverno, os moletons ajudam tanto de dia quanto à noite.

E, atualmente, existem diversos modelos, cores e estampas que você pode escolher versões para ficar em casa e outra um pouco mais incrementada e quentinha quando sair de casa com o pequeno. Alguns podem vir com touquinha ou capuz.

3. Mantinha para bebês

A manta já é peça certa na roupa do bebê desde quando ele sai da maternidade. É muito importante para manter entre as opções, pois ele é ótimo tanto para o dia quanto para a noite.

Só tenha cuidado com o tecido, lembre-se de que as mantas de lã podem incomodar o bebê.

mantinha para bebe
A manta já é peça certa na roupa do bebê desde quando ele sai da maternidade.

4. Meias para bebês

É muito mais fácil e mais prático para os pais colocarem meias nos filhos do que sapatinhos. Afinal de contas, os bebês ainda não caminham e a principal ideia aqui é mantê-los aquecidos. Por isso, as meias para bebês são extremamente úteis e importantes.

Assim como nos adultos, as extremidades do bebê costumam ficar mais frias que outras partes do corpo. Por isso, as meias têm um papel essencial na vestimenta do pequeno.

5. Pijamas para bebês

O pijama costuma ser um pouco mais aberto que o moletom e é feito de um tecido mais fino, ou seja, que não aquece tanto. É uma ótima opção para aqueles dias iniciais da estação, que não está muito frio, mas é necessário um pouco mais de roupa na hora de dormir.

Também é uma boa opção para quem mora em regiões mais quentes do país, como no Nordeste e Norte. Nesses locais, o inverno costuma ser mais ameno.

Leia também: Conheça os 4 melhores modelos de babás eletrônicas disponíveis no mercado

6. Protetor de frio para carrinho

Muitos pais ficam com receio de passear com o bebê durante o inverno, afinal de contas, ele pode pegar um resfriado ou alguma virose. Isso sem contar que o bebê sente mais frio do que os adultos por ter uma pele mais sensível.

Porém, com um protetor de frio para carrinho você pode passear com ele à vontade.

Normalmente, são feitos de plástico — mas podem ser encontrados em outros materiais — que funcionam como um tipo de capa para o carrinho do bebê. Assim, além de proteger do frio, também protegem da chuva.

protetor de frio para carrinho
Um protetor de frio para carrinho permite passear com o bebê à vontade.

7. Saco de dormir para bebês

O saco de dormir é uma opção bastante prática para proteger o bebê no inverno. Ele pode ser facilmente levado para qualquer lugar, inclusive na bolsa ou mochila do pequeno.

Também pode ser usado no carrinho, na hora de dormir e várias outras opções. Portanto, esse é um excelente acessório de frio para se ter no inverno.

Conclusão

Agora sim você está pronto para cuidar do pequeno da melhor forma possível nos dias frios. Já sabe o que fazer e, principalmente, o que não fazer para proteger o bebê no inverno.

Também já sabe quais são as peças que não podem faltar e como escolher bem cada uma delas de acordo com o tipo de material e com a funcionalidade. 

Facebook Comments

RESPONDA

Comente aqui, por favor!
Escreva seu nome aqui